EducaçãoFlashGeralGoverno

Prefeitura de Brasileia cedia o Primeiro Fórum de Adolescentes do Núcleo de Cidadania dos Adolescentes no município

0

A Prefeitura de Brasiléia, através das secretarias de Assistência Social, Educação e Saúde realizou nesta quinta-feira, 11, o I Fórum de Adolescentes do Núcleo de Cidadania de Adolescentes (NUCA) de Brasiléia.

A atividade foi coordenada pela articuladora do Selo Unicef, professora Doutora Vanilda Galli, juntamente com a professora Nairy Rodrigues e presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Joana Bandeira.Participaram Adolescentes e jovens de Brasiléia, além de representantes de instituições parceiras e sociedade civil.

O NUCA hoje conta com aproximadamente 60 adolescentes da zona urbana e rural, na faixa etária entre 12 até 18 anos e tem como objetivo criar espaço de diálogo com adolescentes em conjunto com a Gestão pública e sociedade civil, buscando a  garantia de direitos da juventude.

A ouvidora-geral, Soleane Manchineri representou a Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE/AC) no dispositivo de honra do 1° Fórum de Adolescentes do Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA), onde teve a oportunidade de reconhecer a importância do fórum, parabenizar aos jovens e a mobilizadora de adolescentes, Nairy Rodrigues e registrar o desejo de ver a iniciativa em todo o estado do Acre.

Em maio de 2022 o município de Brasileia, Acre, aderiu ao Selo UNICEF, assumindo prioridade enquanto políticas públicas a crianças e adolescentes. Ao reconhecer a iniciativa, planos e atividades voltadas a este público são desenvolvidas, como é o caso do Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA).

A proposta do NUCA é articular adolescentes para mudar os locais em que estão inseridos, por meio de formação e atividades de transformação. Na manhã desta quinta-feira, 11, o núcleo realizou o 1° Fórum de Adolescentes do NUCA no município.

Entre palestras sobre racismo, empoderamento feminino, gravidez na adolescência e mudanças climáticas, a mobilizadora Nairy Rodrigues tem como objetivo levar os questionamentos e demandas levantados no fórum até os setores públicos e instituições civis, para que os jovens tenham uma participação ativa no município.

O Núcleo de Cidadania dos Adolescentes é composto por alunos das escolas Kairala José Kairala, Coronel Manoel Fontenele de Castro, Valéria Bispo Sabala e Instituto Odilon Pratagi.

Jamily Santos, estudante na Escola Rural Valéria Bispo Sabala, uma das jovens que formam o NUCA no município, contou sobre como sua visão mudou após ingressar no núcleo. “Agora percebo mais a desigualdade entre os jovens, também percebo o preconceito, a forma que o tratamento muda dependendo de da raça”, relatou a jovem que pretende ser médica traumatologista.

Com a colaboração de Deivd Ceará e Bruno Firmino

Projeto estabelece paridade no investimento público em categorias esportivas femininas e masculinas

Previous article

Combate à violência contra a mulher é tema de encontro no Instituto de Administração Penitenciária do Acre  

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in Educação